sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

The Auschwitz Album - Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

 O Álbum de Auschwitz
Chegada a Auschwitz
Chegada à "rampa"















 
Seleção inicial


Mulheres para a esquerda, homens para a direita

 
Mulheres selecionadas para trabalho


Homens selecionados para trabalho



Destacados para trabalho - antes e depois da troca de roupa

 
Destacadas para trabalho - depois de raparem o cabelo

 
Selecionados para as câmaras de gás
Selecionados para as câmaras de gás
Selecionados para as câmaras de gás

Desapossados dos seus bens


seleção de bens para reaproveitar


O Álbum de Auschwitz é um documento único,  doado por Lilly Jacob-Zelmanovic Meier à Organização  Yad Vashem. No Álbum existem 56 páginas e 193 fotos.
É composto por fotos tiradas, possivelmente, no final de maio ou início de junho de 1944, por Ernst Hofmann ou por Bernhard Walter, dois SS cuja tarefa era, precisamente, fotografar e tirar impressões digitais dos prisioneiros (só dos que foram selecionados para o trabalho – os que seriam mortos de imediato não eram registados).
O Álbum contém fotos que mostram a chegada de judeus húngaros de Carpatho-Ruthenia. Muitos deles vieram do Gueto Berehovo, espécie de ponto de "recolha" de judeus de várias outras pequenas cidades. 
Muitas das fotos foram tiradas na rampa. Aí, os judeus passavam por um processo de seleção, da responsabilidade de médicos e guardas das SS. Os que fossem considerados aptos para o trabalho eram enviados para o interior do campo, onde seriam registados e encaminhados para as barracas. Os restantes tinham como destino final as câmaras de gás. Eram gaseados, os seus corpos cremados e as cinzas espalhadas num pântano das proximidades.
Os nazis não só exploraram o trabalho dos que não mataram imediatamente, mas também saquearam os bens que os judeus traziam com eles - mesmo os dentes de ouro foram extraídos aos mortos...
O objetivo do álbum não é claro. Não se destinava a propósitos de propaganda, nem tem qualquer uso pessoal óbvio. Supõe-se que ele foi preparado como uma referência oficial para uma autoridade superior, tal como acontecia com álbuns de fotos de outros campos de concentração.
 
Para ver o Álbum completo: The Auschwitz Album

                                                                                 In http://www.yadvashem.org
 

Sem comentários: